10 dicas para escrever melhor

escrever bem 3 Por Simone Lemos Póvoa

Escrever é algo que muitos tentam evitar a todo custo por achar chato, difícil ou complicado. Mas mesmo não gostando, não tem jeito: colocar as ideias por extenso é algo que temos que fazer o tempo todo. Seja um bilhete, um e-mail, ou até mesmo uma mensagem no WhatsApp, por mais que se tente fugir, chega uma hora em que escrever é preciso. Então, em vez de torcer o nariz toda vez quando precisar redigir um texto, que tal se apoiar em algumas dicas e tirar de letra?

10 dicas para escrever melhor

1. Se você já considera escrever uma atividade difícil, por que complicar ainda mais? Introduções longas, adjetivos rebuscados, advérbios demais… Tudo isso carrega o texto. E em vez de melhorá-lo, piora.

2. Vá direto ao ponto. O que você quer comunicar? Escreva isso, e deixe o blablabla para as conversas ao vivo.escrever bem 1

3. Num bilhete, guie-se pela mágica do número 3. Geralmente 3 frases é tudo que se precisa. A 1ª comunica. A 2ª (que pode vir conectada à 1ª) explica. A 3ª complementa ou dá a ordem.

Ex: Fulana, vou chegar do trabalho mais tarde porque tenho dentista. Dê o jantar das crianças às 7pm.

4. Em e-mails funcionais (aqueles que não estão substituindo uma carta ou até uma visita) o assunto em questão deve vir direto e sem rodeios desnecessários.

Ex: “Dr. Leão, seus documentos chegaram. Escaneio e encaminho? Att, Ema.”

5. Regra geral para a frase: longa demais? Ruim demais.

6. Na dúvida, opte pelo mais simples. Residência ou casa? Casa. Entretanto ou mas? Mas. Veículo ou carro? Carro. Matrimônio ou casamento? Casamento. O sinônimo mais rebuscado, guarde apenas para substituir o primeiro mais a frente no texto e não repetir a palavra. Mas em mensagens curtas, isso nem chegará a ser necessário.

escrever bem 2

7. Enxugue o quanto puder. Um discurso de natureza religiosa é um discurso religioso. Um problema de ordem psicológica é um problema psicológico. Um curso em nível de pós-graduação é uma pós. (Aliás, eu de-tes-to o tal do “em nível de”, que o pessoal costuma errar e ainda dizer “a nível de”. Ui.)

8. Dificuldade para encontrar as palavras? Não sabe como começar? Finja que em vez de escrever, vai falar com a pessoa. O que você diria? Escreva isso. Aí enxugue, corte, simplifique. Voilá.

9. Em vez de gastar o verbo se apresentando, apresente o problema e na maioria dos casos isso já será suficiente para informar o leitor sobre quem você é. No máximo, localize o interlocutor.

Ex: “Sou moradora do apartamento tal e gostaria de saber quando será a próxima reunião de condomínio.”

10. E finalmente, o bom escritor é geralmente um bom leitor. Quanto mais você ler, mais facilidade terá na hora de escrever.

 

SimoneLemosPovoa

 

 

 

 

 

TAGS:

2
Compartilhe esse post:
2 Comentários para “10 dicas para escrever melhor”

    Gravatar Maria Amélia
    14 abril 2015

    Adorei as dicas

    [Reply]


    Gravatar education
    17 abril 2015

    education

    Mulheres em Alpha


Deixe seu comentário