Como comprar no fast fashion

fastfashion

Por: Fernanda Damy

Em tempos de crise, saber comprar roupas e acessórios que vão ajudá-la a multiplicar seus looks sem entrar no vermelho é um bom recurso. Uma boa alternativa é saber como comprar no fast fashion sem encher a sacola de um monte de coisas lindas mas que não aguentam uma única lavagem, nem chegam à próxima estação com relevância.

A primeira coisa é: não comprar por impulso. Parece óbvio, mas a mulher se comporta de maneira bastante curiosa diante de araras e mais araras de roupas com preços acessíveis. Se você anda sentindo aquela necessidade de renovar mas não sabe por onde começar, faça uma investigação no seu closet. Fique atenta aos seguintes pontos:

– o que está faltando? Por exemplo, você pratica corrida por 4 vezes na semana, mas só tem duas camisetas de treino. Vale comprar pelo menos mais duas.

– o que está sobrando: tem 18 saias estampadas e nenhuma camisa lisa para coordenar. Fotografe as saias para ter à mão as estampas que possui, e vá às compras em busca de camisas, camisetas e blusas que façam boas coordenações com estas peças.

– se a roupa tiver apliques de tachas, pedrarias ou afins, procure ver se esses apliques estão bem fixos ou se, na primeira lavagem, vai soltar tudo. Tenha em mente que se as pedras caírem, vc dificilmente vai conseguir repor e vai acabar perdendo a peça.

– veja onde a roupa foi feita. Existem alguns países que, dentro da cadeia produtiva da moda, costumam fazer uso do trabalho em condições análogas à escravidão. Ou seja: as costureiras trabalham muito, recebem nada e as marcas lucram horrores. Eu não compro peças destes países, mas vale você pesquisar e ver como lida com o tema, sem julgamentos da minha parte. Até esse escândalo vir à tona, cansei de comprar destes países sem saber. Algumas das grandes marcas também já estão certificando suas empresas terceirizadas e regulamentando as condições de trabalho, então vale a pesquisa.

– se tiver que comprar uma modinha, que seja uma só. Modinhas passam muito rapidamente e você logo vai enjoar daquela peça. Prefira itens que vão durar mais no seu guarda-roupa.

No mais, cuidado com os gastos. Mais vale uma peça um pouco mais cara que vai durar muito, do que uma modinha que você vai deixar de usar em um mês.

http://www.fernandadamy.com.br

 FernandaDamy

 
 
 
 
 
 
 
 
 

TAGS:

0
Compartilhe esse post:
Deixe seu comentário