Vitamina D e sol

sol 2Por Dra. Karina Nunes

 A vitamina D é essencial para saúde, principalmente no que tange o fortalecimento dos ossos e dentes. Essa vitamina é encontrada em alimentos, mas é quase impossível conseguir quantidades adequadas a partir da dieta, sendo a maior fonte obtida principalmente por meio da pele, através da absorção da radiação ultravioleta B (UVB).

Por sua vez, a radiação UVB é a que está presente das 10 horas da manha as 16horas da tarde, justamente o período em que os dermatologistas apontam como o mais perigoso, pois pode provocar o câncer da pele e o envelhecimento . Essa colisão, por assim dizer, de uma coisa boa com uma coisa ruim é que gera divergências na classe médica sobre as doses que devem ser prescritas aos pacientes.

Então qual o tempo necessário de exposição ao sol para que o organismo metabolize a Vitamina D?

O tempo necessário varia segundo a hora do dia, a estação do ano e a localização da cidade, e ate mesmo o índice de poluição. Mas o tempo médio seria de 15 a 20 minutos ao sol no período das 10h às 15h, sem nenhum protetor solar nos braços, pernas, abdômen e costas, mas com o rosto sempre protegido.

sol 1

Quanto mais claro seu tom de pele, menor o tempo necessário dessa exposição ao UVB. Passado esse curto tempo de

exposição, o melhor a fazer é aplicar o protetor solar para se proteger contra o câncer de pele.

E para aquelas pessoas que por algum motivo não possam se expor ao sol, o ideal é suplementar com vitamina D.

Imagens: google images
KarinaNunes

 

 

 

 

 

TAGS:

1
Compartilhe esse post:
1 Comentário para “Vitamina D e sol”

    Gravatar Larissa G
    20 novembro 2014

    O sol nao é um vilão.

    [Reply]


Deixe seu comentário